web analytics
Hospital de Loulé
    • 22 NOV 16

    Hospital de Loulé aposta em Terapêuticas inovadoras no tratamento do cancro

     

    A imunoterapia já é uma realidade no combate ao cancro, no Hospital de Loulé.

     

    HOSPITAL DE LOULÉ APOSTA EM TERAPÊUTICAS INOVADORAS NO TRATAMENTO DO CANCRO

    “A imunoterapia é o futuro”, defende André Cruz, médico especialista em oncologia, do Hospital de Loulé. “O tumor, em estadios avançados adormece o nosso sistema imunitário. E a imunoterapia atua de forma a desbloquear o adormecimento das células provocado pelo tumor, reativando o sistema imunitário. São tratamentos dirigidos não ao cancro, mas ao nosso sistema imunitário que, é a nossa principal arma contra o tumor”, esclarece o especialista em oncologia.

    Já disponível no Hospital de Loulé, a imunoterapia aplica-se, por enquanto, ao melanoma, ao cancro do pulmão, um dos mais prevalentes e, ao cancro do rim. “No que já está testado e aprovado - tumores do pulmão, rim e melanoma – é mais eficaz do que a quimioterapia e com menor toxicidade para o organismo, sendo previsível a sua indicação e aprovação noutros tumores num futuro próximo” destaca o oncologista André Cruz.

    Maior eficácia e menos efeitos secundários

    Na última década, verificaram-se avanços notáveis no tratamento médico oncológico. “Para além da quimioterapia, atualmente o clínico e o doente dispõem de tratamentos mais inovadores e menos agressivos – hormonoterapia, terapêutica biológica dirigida, imunoterapia – que permitem melhores resultados em termos de sobrevivência e, não menos importante, de qualidade de vida”, salienta o especialista.

    No Hospital de Loulé, os utentes fazem, em cerca de uma hora, a imunoterapia endovenosa, sempre com supervisão médica e acompanhamento de enfermagem. Entre as vantagens do tratamento oncológico com a imunoterapia estão os efeitos secundários menos agressivos e menos evidentes. “A imunoterapia também tem efeitos secundários, mas não provoca queda de cabelo, nem deixa os pacientes seriamente debilitados”, constata o médico especialista.

    Terapêutica biológica disponivel no Hospital de Loulé

    "A terapia biológica é uma terapêutica dirigida que atua em componentes alvo da célula tumoral, podendo ser feita via oral ou endovenosa de acordo com o caso clínico”, explica André Cruz, o médico especialista que faz as consultas de oncologia no Hospital de Loulé. É aqui que acompanha os utentes nas diferentes fases: prevenção, diagnóstico, estratégia de tratamento e acompanhamento do pós-tratamento oncológico. “No Hospital de Loulé, a abordagem terapêutica do doente oncológico é multidisciplinar, envolvendo médicos de várias especialidades, sempre que seja necessário", salienta André Cruz.

    O cancro é uma das principais causas de mortalidade a par das doenças cardiovasculares. “A prevenção – através de hábitos de vida saudáveis – e a deteção precoce são a melhor forma de diminuir a elevada mortalidade associada às doenças oncológicas” recomenda o médico oncologista do Hospital de Loulé.

     

    HOSPITAL DE LOULÉ APOSTA EM TERAPÊUTICAS INOVADORAS NO TRATAMENTO DO CANCRO

     

     

Categorias

Ligar